Uma sexta-feira diferente: O sequestro do burrinho

Venho aqui contar algo que aconteceu nesta última sexta-feira, dia 17 de junho.

Minha querida amiga do trabalho ganhou no início da semana uma pelúcia: Burrinho do Sherek, de um outro colega que voltou de férias da Disney.

Ela ficou tão apegada ao novo mascote que não aguentei, junto com alguns cúmplices, o sr. Rafa e Hellen, tive a ideia de sequestrar o bichinho por algumas horas e escondê-lo com o pessoal do comercial. O crime foi cometido logo cedo e durante o dia fomos entregando algumas pistas, como se fosse um caça ao tesouro, para que ela descobrisse o paradeiro do Burrinho.

Para começar a brincadeira, criamos um e-mail sequestradordeburro@gmail.com e através dele entramos em contato com a dona do animalzinho. O primeiro e-mail dizia que a segunda pista estava do lado vermelho da Disney.

Deixa eu explicar, no nosso escritório tem um painel vermelho e ao lado fica a equipe de designers, inclusive nosso amigo que a presenteou com a pelúcia [e voltou da Disney, lembram?]. Na mesa dele deixamos um bilhete escrito “Ele gosta de café”.

Dando sequencia à brincadeira, colocamos um segundo papelzinho na cafeteira com a seguinte frase: “Ele (o burro) precisa aprender a escrever”.

Adivinhem onde estava a quarta pista?? Com o pessoal da Redação. Pedimos para uma amiga colocar pelas bandas de lá um bilhete escrito algo como “Ele foi atualizar sua agenda de contatos de namoradas”. E onde que há atualização de listas lá na empresa??? Ponto positivo para quem respondeu no Mailing.

Com a ajuda de um outro colega, pedimos para que ele colocasse um outro bilhete escrito: “Agora que encontrou uma namorada, ele foi dançar quadrilha”.

Eis o motivo, quarta-feira tivemos uma festa junina lá na empresa e um espaço do nosso andar ainda está decorado com as bandeirinhas que remetem à festa. E por lá, contei com a ajuda de um outro cúmplice para esconder um recado com a seguinte frase “Ele foi trabalhar, pois também precisa ganhar dinheiro”.

A ideia era que ela fosse até o financeiro e comercial (esses departamentos ficam bem próximos) e recebesse o bichinho, também depois de tantas voltas pela empresa toda. Mas algo que não estava nos meus planos aconteceu. A pessoa que escondeu o burrinho saiu para uma reunião. O jeito foi mandar alguns e-mails para distraí-la.

Falamos que ela demorou muito [coitada!] e que ele saiu para almoçar. Quando a pessoa do comercial voltou, nós mandamos mais um e-mail dizendo que ele havia voltado e estava tomando um ar. Nesse tempo, nossa cúmplice vendedora o colocou perto de uma janela.

E enfim, ela achou o seu precioso tesouro!!!!!

Foram voltas e voltas, ainda bem que ela levou na brincadeira. Afinal, só fizemos isso, pois temos um carinho muito especial por ela.

Mas o legal dessa história não foi ter feito ela ficar rodando e rodando, mas sim todos da empresa, até aqueles que quase não falamos, entraram na brincadeira. Acabamos envolvendo quase todo mundo. Querendo ou não, isso tudo reforça a interatividade, o espírito de equipe, deixou um clima bom no ambiente [não dizem que a qualidade do ambiente é medida pela quantidade de risadas que se dá?], muitas pessoas relaxaram, sem contar que a criatividade foi looooonge!!!

Obrigada Dádi por ter aceito a brincadeira. Essa foi uma pequena demonstração do carinho e amizade que temos por você!!!!

Rafa e Hellen, vocês são os melhores cúmplices que eu poderia ter! Nossa equipe foi fantástica nessa missão. E muito obrigada também a todos que ajudaram de uma forma ou outra, escrever e esconder os bilhetes e até mesmo por guardar segredo durante algumas horas. Rsrs

Beijos

Anúncios

2 Responses to Uma sexta-feira diferente: O sequestro do burrinho

  1. Bah, fico show de bola o texto. Parabéns!!!

    Fazer parte dessa missão foi maravilhoso. Um dia que ficou e ficará para sempre registrado em minha memória. Porque, além da brincadeira, foi uma homenagem e demonstração de carinho e amor para nossa Best Friend.

    Você são maravilhosas e moram em meu coração. Contem sempre comigo…rsrs.
    Amo vocês!!!
    Beijos,
    Rafa

  2. Dádiva says:

    Geeeeente, não façam isso, sou mole….choro!!!
    Apesar de eu ter feito papel de boba (rs), amei a brincadeira!!!
    Com certeza iria rir bem mais se fosse com outra pessoa! ¬¬

    Trabalhar ao lado de vocês é simplesmente uma DÁDIVA!

    Amo, amo, amo!!!!!

    Vocês são uns doces e com certeza vieram para cumprir o propósito de Deus em minha vida: ter amigos verdadeiros que são simplesmente MARAVILHOSOS!!!

    Quanto melô hein?!rs

    Mas e daí, quero mais é que as pessoas saibam que é possível se dar bem no trabalho, sem precisar “passar por cima de ninguém”!

    Somos felizes, fazer o que né?!rs

    Obrigada por tudo!

    Bjos!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: